Cirurgias de Pálpebras

A Dra. Ana Borba, cirurgiã plástica, explica que por características hereditárias ou decorrentes do processo de envelhecimento, algumas pessoas apresentam rugas, flacidez e excesso de pele nas pálpebras. Por conta disso, além de ficarem com a aparência envelhecida (olhar triste, cansado), podem ter a visão prejudicada, ocorrência de coceiras, além de outros problemas.

A cirurgia plástica de pálpebras (ou blefaroplastia) objetiva a correção de tais prejuízos (tanto estéticos quanto funcionais) através da remoção do excesso de pele, músculo e gordura. A intervenção cirúrgica pode durar entre 50min a 1h30.

 

 

Aumento Mamário

A cirurgia plástica de aumento mamário (Mamoplastia de Aumento) tem por objetivo, através da utilização de implantes de próteses de silicone, aumentar ou corrigir o volume dos seios.

Existem diversos tipos de implantes, cujo material que as produz evoluiu bastante nas últimas décadas, tornando o procedimento cada vez mais seguro. Tanto é assim que a Dra. Ana Borba explica que não é mais recomendável a troca de prótese por tempo, ocorrendo apenas nos casos de contratura da capsula.

Do mesmo modo, tem-se algumas técnicas para a inserção das próteses, tais como a subpeitoral (colocadas embaixo do músculo) e a subglandular (inseridas sob a glândula mamária). A incisão pode ser feita pela aréola, pela axila ou no sulco inframamário.

Todos estes detalhes sobre a cirurgia são definidos em conjunto entre o cirurgião plástico e os pacientes nas consultas médicas que a antecedem, após minuciosa avaliação de detalhes clínicos e físicos de cada paciente.

 

 

 

Lipoaspiração e Lipoescultura

A lipoaspiração é um procedimento cirúrgico que tem por objetivo diminuir o volume de gordura no corpo, especialmente em áreas localizadas, proporcionando uma melhor proporção e contorno do corpo.

De acordo com a Dra. Ana Borba, a lipoaspiração é a técnica responsável por aspirar a gordura nas áreas que são previamente determinadas nas consultas médicas que antecedem a cirurgia. Em seguida, essa gordura aspirada pode ser utilizada para preencher outras regiões do corpo (glúteos, lábios, sulcos da face, cintura, costas, bochechas, por exemplo), realizando-se, portanto, a técnica da lipoescultura.

Por não ser um procedimento para emagrecer, a lipoaspiração é recomendada, principalmente, para pacientes que apresentam gorduras localizadas e que já estejam com o seu peso ideal ou próximo dele.

A escolha do tipo de anestesia depende da quantidade de gordura que ser retirada. As opções são: anestesia local com sedação, peridural ou anestesia geral.

O pós-operatório abrange uma série de cuidados específicos que são detalhados pelo cirurgião plástico, podendo, inclusive, abranger a necessidade de realização de outros procedimentos, tais como sessões de drenagem linfática, a depender do caso de cada paciente. O resultado definitivo só é constatado após 6 meses da realização da cirurgia.

 

Cirurgias Plástica de Orelhas

A otoplastia diz respeito à cirurgia plástica de orelhas. Este procedimento geralmente é conhecido pela correção das orelhas de abano (orelhas proeminentes), mas também se destina ao tratamento de outros problemas, tais como a ausência congênita de orelhas, sequelas de traumas e orelhas constrictas.

Este procedimento é indicado para pessoas que se sentem incomodadas com a aparência de suas orelhas, as quais podem procurar um cirurgião plástico, tal como a Dra. Ana Borba, que atende no Rio de Janeiro, e realizar uma avaliação a fim de que se constate a necessidade da cirurgia.

Nos casos de cirurgia para correção das orelhas de abano, que podem ser realizadas em crianças a partir dos 5-6 anos de idade, a anestesia que mais costuma ser utilizada é a local com sedação ou, dependendo do caso, até a geral. Todos os detalhes sobre o procedimento são esclarecidos nas consultas que o antecedem.

Após a intervenção cirúrgica a dor costuma ser leve a moderada e quando ocorre é controlada com a indicação de analgésicos.

 

 

 

 

Cirurgia Abdominal

A abdominoplastia ou cirurgia do abdômen é responsável por extrair o excesso de pele e acúmulo de gordura dessa região, podendo essa cirurgia ser associada a uma lipoaspiração, por exemplo, nos flancos e desde que previamente verificada a situação de cada paciente.

Além disso, na maioria dos casos, através deste procedimento são aproximados os músculos que estavam separados ou enfraquecidos através da plicatura.

A anestesia utilizada de modo mais frequente é a peridural com sedação; contudo, a Dra. Ana Borba salienta que tudo depende da situação clínica de cada paciente e a quantidade de operações que serão efetuadas.

 

 

Ginecomastia

A ginecomastia é o nome que se dá para o desenvolvimento (unilateral ou bilateral) das mamas masculinas e é caracterizada pelo aumento glandular que deixa os seios com aspecto femininos. Existem várias causas para a ginecomastia, sendo as principais relacionadas a fatores hormonais, patológicos e idiopáticos (sem causas aparentes ou específicas).

Basicamente, três técnicas cirúrgicas podem ser aplicadas nestes casos. A primeira realiza uma lipoaspiração tradicional da gordura das mamas. Depois, a remoção cirúrgica, aplicada quando há necessidade de retirar a glândula aumentada e a terceira, que consiste na retirada de glândula e pele em excesso. Esses dois últimos procedimentos podem ser associados à lipoaspiração para melhor acabamento do procedimento.

Sobre a intervenção, tem-se que a anestesia pode ser local com sedação, ou geral, ao passo que o período de internação varia de acordo com o tipo de anestesia utilizado. A cicatriz praticamente não aparece e fica situada na região periareolar.

Se este procedimento é de seu interesse, marque sua consulta com a Dra. Ana Borba no Rio de Janeiro na Barra da Tijuca e no Centro.

 

 

 

Mastopexia

A mastopexia é o procedimento cirúrgico que visa levantar as mamas, corrigindo o contorno e a forma das mesmas, deixando-as firmes e em posição adequada. Pode-se, ainda, dependendo da avaliação médica acerca da técnica a ser adotada, colocar próteses de silicone.

O seu tempo de duração varia de três a quatro horas, conforme a técnica utilizada. A anestesia, em boa parte dos casos, é geral; entretanto, pode ser feita sob anestesia local com sedação, peridural ou bloqueio intercostal, ficando a critério do médico anestesista. A internação é, normalmente, de um dia. O local da cicatriz varia conforme a técnica utilizada e o tamanho dos seios.

Agende sua consulta com a Dra. Ana Borba, no Rio de Janeiro (na Barra da Tijuca e no Centro), e tire todas as suas dúvidas.

 

 

Lifting Facial

A ritidoplastia ou lifting facial é realizada através de incisões que a Dra. Ana Borba, cirurgiã plástica especialista, faz em áreas discretas (como dentro do cabelo), removendo excessos de pele a fim de levantar as estruturas faciais, amenizar as rugas e proporcionar o rejuvenescimento facial.

Essas incisões ficam escondidas, pois são feitas atrás das orelhas, perto (ou até dentro) da região capilar. A anestesia depende da indicação do médico anestesista e da preferência do paciente, mas geralmente é local com sedação ou geral.

Basicamente, o tempo de recuperação da ritidoplastia pode levar de 1 a 2 semanas, mas tudo depende muito da situação de cada paciente, de modo que esse tempo pode variar conforme cada caso.

 

Cirurgia Íntima

A ninfoplastia ou labioplastia (cirurgia íntima) é uma intervenção cirúrgica realizada para corrigir alterações na região genital feminina. Os principais motivos são: hipertrofia ou atrofia dos grandes lábios; púbis (monte de vênus volumoso) e hipertrofia (aumento) dos pequenos lábios.

Segundo a Dra. Ana Borba, a causa do aumento dos pequenos lábios costuma ser genética; mas, existem situações em que ficou comprovado que o uso intensivo de anabolizantes também pode causar essa alteração.

Normalmente, a anestesia é local com sedação e a paciente recebe alta no mesmo dia. O tempo de operação é de, em média, 45min. A idade recomendada para este tipo de procedimento é a partir dos dezoito anos.

As atividades cotidianas podem ser retomadas no dia seguinte ou alguns dias depois, conforme orientação médica. Contudo, a relação sexual não é recomendada durante um mês. A cicatriz localiza-se na área da mucosa e é praticamente imperceptível.

 

 

Redução de Mama

A mamoplastia redutora ou cirurgia para redução das mamas, constitui-se em remover o tecido glandular e a pele, levando a uma redução de peso e tamanho dos seios.

Este procedimento é indicado para mulheres que apresentam seios muito grandes e pesados, os quais podem, até mesmo, dificultar atividades físicas, o uso de certas roupas, e, especialmente, ocasionar problemas de saúde, entre os quais as dores na coluna.

Sua realização ocorre por meio de incisões, cujas técnicas e o tamanho variam conforme a necessidade de redução. A anestesia depende de cada caso e paciente, mas, na mamoplastia a opção é a anestesia geral. O tempo de operação é, em média, de quatro a cinco horas.

A recuperação abrange restrições de algumas atividades (dirigir, praticar atividade física, pegar peso, etc) durante três a quatro semanas, além do o uso de sutiã pós-cirúrgico por igual período e de outras orientações que são individualizadas para cada paciente, consoante explica a Dra. Ana Borba.

 

 

 

Braquioplastia

O lifting de braço ou braquioplastia é um procedimento cirúrgico indicado para remodelar o contorno dos braços através da remoção do excesso pele e tecido existente nessa região. Quando verificada a presença de gordura, pode ser feita, nesta mesma oportunidade, uma lipoaspiração.

A cirurgia dura, em média, uma hora e meia e a anestesia costuma ser local com sedação ou geral, cuja escolha depende de avaliação médica prévia.

A Dra. Ana Borba atende no Rio de Janeiro na Barra da Tijuca e no Centro. Entre em contato e marque sua consulta.

 

 

 

Cirurgia Plástica de Coxas

É por meio da dermolipectomia ou lifting de coxa ou cirurgia plástica de coxas que é possível retirar a quantidade excessiva de pele que surge nas coxas em razão de grande alternância de peso, envelhecimento, gravidez, entre outras. Se também for identificado acúmulo de gordura, pode ser associada a lipoaspiração.

O lifting de coxa auxilia a remodelar especialmente a região interna da coxa, mas também pode ajudar na parte lateral (região dos culotes). A Anestesia é peridural. Em casos especiais, pode ser utilizada a anestesia geral. O procedimento dura, geralmente, duas horas e a cicatriz varia de acordo com a técnica escolhida.

 

 

 

 

Dra. Ana Borba - Cirurgiã Plástica

© COPYRIGHTS 2016, by HostSaúde. Todos os direitos reservados.